terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Os 15 Os piores vírus de computador

. Foto: Terra
Foto: Terra


O pior vírus é aquele que infecta o nosso próprio computador, né? Infelizmente, milhões de nós já passaram por essa infelicidade, que resulta em horas – e às vezes dias – de limpeza, restauração e recuperação da tecnologia.
Hoje, há diversas opções de antivírus que são projetadas para atacar alvos específicos, como os vírus desenvolvidos para roubar contas bancárias.
Antes de 2005, todos os vírus tinham o mesmo objetivo: danos sobre os discos rígidos, corrompendo arquivos, acabando com empresas e trazendo muita dor de cabeça as vítimas. Nessa época, a segurança de computadores se transformou em um grande negócio, e também foram criados alguns dos vírus mais famosos de todos os tempos. Confira os 10 piores:
1 – Stoned
Eis o início do problema: antes mesmo da era do www, os primeiros vírus de computador se espalhavam através de disquetes. Um dos primeiros surgiu em 1987 e era conhecido como Stoned. Os usuários infectados recebiam a seguinte mensagem na tela: “Seu computador está agora apedrejado”.
Diversos variantes do vírus foram criados, dando início à prática dos hackers de atualizarem o código de um vírus existente para criar mais infecções.
2 – Jerusalém
No final de 1987, o vírus Jerusalém começou a se espalhar. Esse vírus foi muito mais destrutivo do que o Stoned, pois infectava arquivos dos tipos .exe e .com.
Como o vírus era lançado sempre nas sextas-feira 13, a propagação era lenta comparada ao Stoned. Mesmo assim, o Jerusalém teria destruído dezenas de milhares de programas dos usuários infectados.
3 – Morris Worm
Em novembro de 1988 surgiu o primeiro “worm”, um programa que se espalha independentemente, sem a intervenção humana, infectando redes públicas. Na época, estima-se que o vírus infectou cerca de 10% dos computadores conectados à internet, que estava ainda em seus primórdios.
O criador, Robert Tappan Morris, filho de um famoso cientista da computação, tornou-se a primeira pessoa condenada sob Fraude Informática e Lei de Abuso.
4 – Concept
Os anos 90 viram o desenvolvimento de uma série de novos “bugs” (que causam erros e defeitos), incluindo os chamados vírus polimórficos, que poderiam mudar de forma a cada nova infecção, tornando difícil para o antivírus detectar a presença da ameaça.
Em 1995, o vírus Concept inovou ao ser o primeiro a infectar documentos do Microsoft Word. Usuários que compartilhavam documentos infectados via email ajudaram a tornar o vírus um dos mais rápidos a se disseminarem na época.
5 – Melissa
Melissa apareceu em meados de 1999 e foi o primeiro vírus projetado para se espalhar de computador para computador, sem depender da ação dos usuários. Para cada PC infectado por email, o vírus identificava outros 50 usuários da lista de contatos da vítima.
O aumento do tráfego de email forçou empresas como a Intel e a Microsoft a desligarem temporariamente seus servidores de email até que o vírus fosse eliminado.
- See more at: http://hypescience.com/os-10-piores-virus-de-computador-da-historia/#sthash.kNLhzx3r.dpuf
O pior vírus é aquele que infecta o nosso próprio computador, né? Infelizmente, milhões de nós já passaram por essa infelicidade, que resulta em horas – e às vezes dias – de limpeza, restauração e recuperação da tecnologia.
Hoje, há diversas opções de antivírus que são projetadas para atacar alvos específicos, como os vírus desenvolvidos para roubar contas bancárias.
Antes de 2005, todos os vírus tinham o mesmo objetivo: danos sobre os discos rígidos, corrompendo arquivos, acabando com empresas e trazendo muita dor de cabeça as vítimas. Nessa época, a segurança de computadores se transformou em um grande negócio, e também foram criados alguns dos vírus mais famosos de todos os tempos. Confira os 10 piores:
1 – Stoned
Eis o início do problema: antes mesmo da era do www, os primeiros vírus de computador se espalhavam através de disquetes. Um dos primeiros surgiu em 1987 e era conhecido como Stoned. Os usuários infectados recebiam a seguinte mensagem na tela: “Seu computador está agora apedrejado”.
Diversos variantes do vírus foram criados, dando início à prática dos hackers de atualizarem o código de um vírus existente para criar mais infecções.
2 – Jerusalém
No final de 1987, o vírus Jerusalém começou a se espalhar. Esse vírus foi muito mais destrutivo do que o Stoned, pois infectava arquivos dos tipos .exe e .com.
Como o vírus era lançado sempre nas sextas-feira 13, a propagação era lenta comparada ao Stoned. Mesmo assim, o Jerusalém teria destruído dezenas de milhares de programas dos usuários infectados.
3 – Morris Worm
Em novembro de 1988 surgiu o primeiro “worm”, um programa que se espalha independentemente, sem a intervenção humana, infectando redes públicas. Na época, estima-se que o vírus infectou cerca de 10% dos computadores conectados à internet, que estava ainda em seus primórdios.
O criador, Robert Tappan Morris, filho de um famoso cientista da computação, tornou-se a primeira pessoa condenada sob Fraude Informática e Lei de Abuso.
4 – Concept
Os anos 90 viram o desenvolvimento de uma série de novos “bugs” (que causam erros e defeitos), incluindo os chamados vírus polimórficos, que poderiam mudar de forma a cada nova infecção, tornando difícil para o antivírus detectar a presença da ameaça.
Em 1995, o vírus Concept inovou ao ser o primeiro a infectar documentos do Microsoft Word. Usuários que compartilhavam documentos infectados via email ajudaram a tornar o vírus um dos mais rápidos a se disseminarem na época.
5 – Melissa
Melissa apareceu em meados de 1999 e foi o primeiro vírus projetado para se espalhar de computador para computador, sem depender da ação dos usuários. Para cada PC infectado por email, o vírus identificava outros 50 usuários da lista de contatos da vítima.
O aumento do tráfego de email forçou empresas como a Intel e a Microsoft a desligarem temporariamente seus servidores de email até que o vírus fosse eliminado.
- See more at: http://hypescience.com/os-10-piores-virus-de-computador-da-historia/#sthash.kNLhzx3r.dpuf
O site TechWeb, num especial sobre vinte anos de pragas eletrônicas, listou em ordem cronológica os dez piores vírus criados para PC em todos os tempos, desde o CIH (também conhecido como Chernobyl), de 1988, até o Sasser, criado por um adolescente alemão em 2004. Estas pragas causaram danos econômicos importantes, chegando a bilhões de dólares em alguns casos, além de ocasionarem a perda de uma quantidade considerável de dados e deixarem um grande número de máquinas danificadas. Saiba um pouco mais sobre os dez vírus mais perigosos que os PCs já enfrentaram.
CIH - 1988
Liberado em Taiwan em junho, o CIH infectava Windows 95, 98 e arquivos executáveis do ME. Ficava residente na mamória do PC e podia sobrescrever dados no HD, tornando-o inoperante. Também conhecido como "Chernobyl", o vírus deixou de ser maligno devido à grande migração dos usuários para o WIndows 2000, XP e NT, que não são vulneráveis a ele. Os danos causados pelo CIH foram estimados em entre US$ 20 milhões e US$ 80 milhões, além dos dados destruídos.
Melissa - 1999
O W97M/Melissa tornou-se manchete de tecnologia em março de 1999. Vírus de macro para documentos Word, se espalhou rapidamente e forçou empresas como Intel e Microsoft, entre outras, a fechar seus sistemas de e-mail para conter a praga, que se disseminava via Outlook. O vírus, além de se enviar pela Internet, modificava documentos do Word colocando falas do programa de televisão Os Simpsons. Causou danos estimados em US$ 300 milhões a US$ 600 milhões.
ILOVEYOU - 2000
Também conhecido como Loveletter e The Love Bug, o ILOVEYOU era um script de Visual Basic com uma mensagem amorosa e foi detectado pela primeira vez em maio, em Hong Kong. Era transmitido via e-mail e continha o anexo Love-Letter-For-You.TXT.vbs. Assim como o Melissa, o vírus se espalhava via Outlook. O programa malicioso sobrescrevia arquivos de música, imagem e diversos outros com uma cópia sua. Como o autor do vírus é filipino e na época naquele país não havia leis contra criação de vírus, ele nunca foi punido. A estimativa dos danos financeiros causados pelo ILOVEYOU ficou entre US$ 10 bilhões e US$ 15 bilhões.
Code Red - 2001
O Code Red era um worm que foi liberado em servidores de rede em 13 de julho. Era um bug particularmente perigoso por causa do seu alvo: servidores rodando Microsoft's Internet Information Server (IIS). O worm explorava uma vulnerabilidade no sistema operacional do IIS. Também conhecido como Bady, o Code Red foi criado para causar o máximo de danos. Na infecção, sites controlados por um servidor atacado exibiriam a mensagem "HELLO! Welcome to http://www.worm.com! Hacked By Chinese!". PCs controlados pelo vírus dirigiram ataques a determinados endereços IP, incluindo a Casa Branca. Em menos de uma semana, o vírus infectou quase 400 mil servidores pelo mundo. As estimativas dão conta de um milhão de computadores infectados, e danos de US$ 2,6 bilhões.
SQL Slammer - 2003
O SQL Slammer, também conhecido como Sapphire, apareceu em 25 de janeiro. Como foi lançado em um sábado, o dano foi baixo em termos de dólares. Entretanto, ele atingiu 500 mil servidores em todo o mundo e deixou a Coréia do Sul fora do ar por 12 horas. Seu alvo não eram os usuários finais, mas os servidores. Ele infectou 75 mil computadores em 10 minutos e atrapalhou enormemente o tráfego online.
BLASTER - 2003
No verão (no Hemisfério Norte) de 2003, os profissionais de TI testemunharam, em rápida sucessão, o aparecimento dos worms Blaster e Sobig. O Blaster, também conhecido com Lovsan ou MSBlast, foi o primeiro. Detectado em 11 de agosto, ele se espalhou rapidamente. Explorava uma vulnerabilidade dos Windows 2000 e XP, e quando ativado, presenteava o usuário com uma mensagem avisando que uma queda do sistema era iminente. Em seu código havia instruções para um ataque DDoS contra o site windowsupdate.com, programado para o dia 15 de abril. Centenas de milhares de PCs foram infectados, e os danos ficaram entre US$ 2 bilhões e US$ 10 bilhões.
Sobig.F - 2003
O Sobig surgiu em seguida ao Blaster, transformando agosto de 2003 num mês miserável para usuários corporativos e domésticos de PC. A variante mais destrutiva foi a Sobig.F, que se espalhou tão rápido a partir do dia 19 que chegou a estabelecer um recorde, gerando mais de um milhão de cópias em apenas 24 horas. Em 10 de setembro, o vírus se desativou e deixou de ser uma ameaça. A Microsoft chegou a oferecer uma recompensa de US$ 250 mil para quem identificasse o criador do Sobig.F, mas até hoje ninguém foi apanhado. Os danos foram estimados entre US$ 5 a US$ 10 bilhões, com mais de um milhão de PCs infectados.
Bagle - 2004
Um worm clássico e sofisticado, o Bagle fez sua estréia em 18 de janeiro. Ele infectava os sistemas pelo método tradicional - vinha anexado a um email - e vasculhava arquivos do Windows em busca de endereços de e-mail que pudesse utilizar para se replicar. O verdadeiro perigo do worm, também conhecido com Beagle, e suas 60 a 100 variantes é que, ao infectar o PC, ele abria uma porta que permitia o controle total e a distância do sistema. O Bagle.B foi desenhado para parar de se espalhar depois de 28 de janeiro do mesmo ano, mas numerosas outras variantes continuam a incomodar até hoje. Os danos foram estimados em dezenas de milhões de dólares, e a contagem continua.
MyDoom - 2004
Por um período de quatro horas em 26 de janeiro, o choque do MyDoom pôde ser sentido em todo o mundo enquanto o worm se espalhava numa velocidade sem precedentes pela Internet. A praga, também conhecida como Norvarg, se espalhou em um arquivo anexado que parecia ser uma mensagem de erro, com o texto "Mail transaction failed", e via compartilhamento de arquivos entre os usuários da rede P2P Kazaa. A sua replicação foi tão bem-sucedida que especialistas em segurança de PCs calcularam que uma em cada dez mensagens de email enviadas durante as primeiras horas da infecção continham o vírus. Ele estava programado para parar de agir depois de 12 de fevereiro, mas em seu auge chegou a diminuir em 10% a performance global da Internet e aumentar o tempo de carregamento dos sites em 50%.
Sasser - 2004
Criado por um adolescente alemão (17 anos de idade), o Sasser começou a se espalhar em abril, e foi destrutivo o bastante para deixar fora do ar o satélite de comunicações para algumas agências de notícias da França. Também resultou no cancelamento de vários vôos da Delta Airlines e na queda do sistema de várias companhias ao redor do mundo. Diferente da maioria dos worms que o antecederam, o Sasser não era transmitido por email e não precisava de nenhuma ação do usuário para se instalar. Ele explorava uma falha de segurança em sistemas rodando Windows 2000 e XP desatualizados. Quando conseguia se replicar, procurava ativamente por outros sistemas desprotegidos e se transmitia a eles. Os sistemas infectados experimentavam quedas repetidas e instabilidade. Como o autor ainda era menor de idade quando criou o vírus, um tribunal alemão considerou-o culpado por sabotagem de computadores, mas suspendeu a sentença. O Sasser causou dezenas de milhões de dólares em prejuízos.
O pior vírus é aquele que infecta o nosso próprio computador, né? Infelizmente, milhões de nós já passaram por essa infelicidade, que resulta em horas – e às vezes dias – de limpeza, restauração e recuperação da tecnologia.
Hoje, há diversas opções de antivírus que são projetadas para atacar alvos específicos, como os vírus desenvolvidos para roubar contas bancárias.
Antes de 2005, todos os vírus tinham o mesmo objetivo: danos sobre os discos rígidos, corrompendo arquivos, acabando com empresas e trazendo muita dor de cabeça as vítimas. Nessa época, a segurança de computadores se transformou em um grande negócio, e também foram criados alguns dos vírus mais famosos de todos os tempos. Confira os 10 piores:
1 – Stoned
Eis o início do problema: antes mesmo da era do www, os primeiros vírus de computador se espalhavam através de disquetes. Um dos primeiros surgiu em 1987 e era conhecido como Stoned. Os usuários infectados recebiam a seguinte mensagem na tela: “Seu computador está agora apedrejado”.
Diversos variantes do vírus foram criados, dando início à prática dos hackers de atualizarem o código de um vírus existente para criar mais infecções.
2 – Jerusalém
No final de 1987, o vírus Jerusalém começou a se espalhar. Esse vírus foi muito mais destrutivo do que o Stoned, pois infectava arquivos dos tipos .exe e .com.
Como o vírus era lançado sempre nas sextas-feira 13, a propagação era lenta comparada ao Stoned. Mesmo assim, o Jerusalém teria destruído dezenas de milhares de programas dos usuários infectados.
3 – Morris Worm
Em novembro de 1988 surgiu o primeiro “worm”, um programa que se espalha independentemente, sem a intervenção humana, infectando redes públicas. Na época, estima-se que o vírus infectou cerca de 10% dos computadores conectados à internet, que estava ainda em seus primórdios.
O criador, Robert Tappan Morris, filho de um famoso cientista da computação, tornou-se a primeira pessoa condenada sob Fraude Informática e Lei de Abuso.
4 – Concept
Os anos 90 viram o desenvolvimento de uma série de novos “bugs” (que causam erros e defeitos), incluindo os chamados vírus polimórficos, que poderiam mudar de forma a cada nova infecção, tornando difícil para o antivírus detectar a presença da ameaça.
Em 1995, o vírus Concept inovou ao ser o primeiro a infectar documentos do Microsoft Word. Usuários que compartilhavam documentos infectados via email ajudaram a tornar o vírus um dos mais rápidos a se disseminarem na época.
5 – Melissa
Melissa apareceu em meados de 1999 e foi o primeiro vírus projetado para se espalhar de computador para computador, sem depender da ação dos usuários. Para cada PC infectado por email, o vírus identificava outros 50 usuários da lista de contatos da vítima.
O aumento do tráfego de email forçou empresas como a Intel e a Microsoft a desligarem temporariamente seus servidores de email até que o vírus fosse eliminado.
- See more at: http://hypescience.com/os-10-piores-virus-de-computador-da-historia/#sthash.kNLhzx3r.dpuf
O pior vírus é aquele que infecta o nosso próprio computador, né? Infelizmente, milhões de nós já passaram por essa infelicidade, que resulta em horas – e às vezes dias – de limpeza, restauração e recuperação da tecnologia.
Hoje, há diversas opções de antivírus que são projetadas para atacar alvos específicos, como os vírus desenvolvidos para roubar contas bancárias.
Antes de 2005, todos os vírus tinham o mesmo objetivo: danos sobre os discos rígidos, corrompendo arquivos, acabando com empresas e trazendo muita dor de cabeça as vítimas. Nessa época, a segurança de computadores se transformou em um grande negócio, e também foram criados alguns dos vírus mais famosos de todos os tempos. Confira os 10 piores:
1 – Stoned
Eis o início do problema: antes mesmo da era do www, os primeiros vírus de computador se espalhavam através de disquetes. Um dos primeiros surgiu em 1987 e era conhecido como Stoned. Os usuários infectados recebiam a seguinte mensagem na tela: “Seu computador está agora apedrejado”.
Diversos variantes do vírus foram criados, dando início à prática dos hackers de atualizarem o código de um vírus existente para criar mais infecções.
2 – Jerusalém
No final de 1987, o vírus Jerusalém começou a se espalhar. Esse vírus foi muito mais destrutivo do que o Stoned, pois infectava arquivos dos tipos .exe e .com.
Como o vírus era lançado sempre nas sextas-feira 13, a propagação era lenta comparada ao Stoned. Mesmo assim, o Jerusalém teria destruído dezenas de milhares de programas dos usuários infectados.
3 – Morris Worm
Em novembro de 1988 surgiu o primeiro “worm”, um programa que se espalha independentemente, sem a intervenção humana, infectando redes públicas. Na época, estima-se que o vírus infectou cerca de 10% dos computadores conectados à internet, que estava ainda em seus primórdios.
O criador, Robert Tappan Morris, filho de um famoso cientista da computação, tornou-se a primeira pessoa condenada sob Fraude Informática e Lei de Abuso.
4 – Concept
Os anos 90 viram o desenvolvimento de uma série de novos “bugs” (que causam erros e defeitos), incluindo os chamados vírus polimórficos, que poderiam mudar de forma a cada nova infecção, tornando difícil para o antivírus detectar a presença da ameaça.
Em 1995, o vírus Concept inovou ao ser o primeiro a infectar documentos do Microsoft Word. Usuários que compartilhavam documentos infectados via email ajudaram a tornar o vírus um dos mais rápidos a se disseminarem na época.
5 – Melissa
Melissa apareceu em meados de 1999 e foi o primeiro vírus projetado para se espalhar de computador para computador, sem depender da ação dos usuários. Para cada PC infectado por email, o vírus identificava outros 50 usuários da lista de contatos da vítima.
O aumento do tráfego de email forçou empresas como a Intel e a Microsoft a desligarem temporariamente seus servidores de email até que o vírus fosse eliminado.
- See more at: http://hypescience.com/os-10-piores-virus-de-computador-da-historia/#sthash.kNLhzx3r.dpuf

05 Love Bug

Foi considerado como o pior vírus destrutivo de todos. Infectou e arruinou mais de 50 milhões de máquinas ligadas a internet e em apenas 9 dias. O seu funcionamento era parecido com a do vírus Melissa, por e-mail. Quando a vítima abria o e-mail infectado, o vírus se espalhava e assim obtinha dados do computador.

.04 Anna Kournikova

Em 2001 o vírus Anna Kournikova, batizado com o nome da jogadora de tênis, infectava pessoas que abriam os seus e-mails e então se deparavam com um link de uma foto da jogadora nua, mas na verdade não existia nem uma foto, era apenas um vírus que roubava dados das inocentes vítimas.

.03 Code Red

Esse vírus infectou, em 2001, boa parte dos servidores da Microsoft e mais de 400 mil computadores. Foi classificado como um vírus “worm” que se espalhava por sistemas que acabavam de ser limpos, o que fez arrancar com os cabelos dos programadores de antivírus.

.02 Nimda

Esse foi, não apenas um vírus, um cavalo de troia que fingia ser um programa benigno e chegou a roubar milhões de dólares.
roubo de senha

.01 Vírus FLAME

Lançado há pouco tempo (2012) o vírus flame não é como qualquer um que rouba seus dados para obter dinheiro, mas sim uma invasão de privacidade, abrindo uma janela onde todos conseguem ver o que você está fazendo.
Geralmente esse tipo de vírus é usado para espionagem de certos grupos para obter informações restritas e assim derrubar outros grupos rivais ou até governos.
Segundo os especialistas em malwares da Kaspersky, o vírus foi criado por um país e não por um grupo cracker.
Por isso que você deve estar mais do que atento às ameaças surgidas na internet, tenha em mente o uso de um bom antivírus e o maior cuidado ao ler e-mails.

O pior vírus é aquele que infecta o nosso próprio computador, né? Infelizmente, milhões de nós já passaram por essa infelicidade, que resulta em horas – e às vezes dias – de limpeza, restauração e recuperação da tecnologia.
Hoje, há diversas opções de antivírus que são projetadas para atacar alvos específicos, como os vírus desenvolvidos para roubar contas bancárias.
Antes de 2005, todos os vírus tinham o mesmo objetivo: danos sobre os discos rígidos, corrompendo arquivos, acabando com empresas e trazendo muita dor de cabeça as vítimas. Nessa época, a segurança de computadores se transformou em um grande negócio, e também foram criados alguns dos vírus mais famosos de todos os tempos. Confira os 10 piores:
1 – Stoned
Eis o início do problema: antes mesmo da era do www, os primeiros vírus de computador se espalhavam através de disquetes. Um dos primeiros surgiu em 1987 e era conhecido como Stoned. Os usuários infectados recebiam a seguinte mensagem na tela: “Seu computador está agora apedrejado”.
Diversos variantes do vírus foram criados, dando início à prática dos hackers de atualizarem o código de um vírus existente para criar mais infecções.
2 – Jerusalém
No final de 1987, o vírus Jerusalém começou a se espalhar. Esse vírus foi muito mais destrutivo do que o Stoned, pois infectava arquivos dos tipos .exe e .com.
Como o vírus era lançado sempre nas sextas-feira 13, a propagação era lenta comparada ao Stoned. Mesmo assim, o Jerusalém teria destruído dezenas de milhares de programas dos usuários infectados.
3 – Morris Worm
Em novembro de 1988 surgiu o primeiro “worm”, um programa que se espalha independentemente, sem a intervenção humana, infectando redes públicas. Na época, estima-se que o vírus infectou cerca de 10% dos computadores conectados à internet, que estava ainda em seus primórdios.
O criador, Robert Tappan Morris, filho de um famoso cientista da computação, tornou-se a primeira pessoa condenada sob Fraude Informática e Lei de Abuso.
4 – Concept
Os anos 90 viram o desenvolvimento de uma série de novos “bugs” (que causam erros e defeitos), incluindo os chamados vírus polimórficos, que poderiam mudar de forma a cada nova infecção, tornando difícil para o antivírus detectar a presença da ameaça.
Em 1995, o vírus Concept inovou ao ser o primeiro a infectar documentos do Microsoft Word. Usuários que compartilhavam documentos infectados via email ajudaram a tornar o vírus um dos mais rápidos a se disseminarem na época.
5 – Melissa
Melissa apareceu em meados de 1999 e foi o primeiro vírus projetado para se espalhar de computador para computador, sem depender da ação dos usuários. Para cada PC infectado por email, o vírus identificava outros 50 usuários da lista de contatos da vítima.
O aumento do tráfego de email forçou empresas como a Intel e a Microsoft a desligarem temporariamente seus servidores de email até que o vírus fosse eliminado.
- See more at: http://hypescience.com/os-10-piores-virus-de-computador-da-historia/#sthash.kNLhzx3r.dpuf

O pior vírus é aquele que infecta o nosso próprio computador, né? Infelizmente, milhões de nós já passaram por essa infelicidade, que resulta em horas – e às vezes dias – de limpeza, restauração e recuperação da tecnologia.
Hoje, há diversas opções de antivírus que são projetadas para atacar alvos específicos, como os vírus desenvolvidos para roubar contas bancárias.
Antes de 2005, todos os vírus tinham o mesmo objetivo: danos sobre os discos rígidos, corrompendo arquivos, acabando com empresas e trazendo muita dor de cabeça as vítimas. Nessa época, a segurança de computadores se transformou em um grande negócio, e também foram criados alguns dos vírus mais famosos de todos os tempos. Confira os 10 piores:
1 – Stoned
Eis o início do problema: antes mesmo da era do www, os primeiros vírus de computador se espalhavam através de disquetes. Um dos primeiros surgiu em 1987 e era conhecido como Stoned. Os usuários infectados recebiam a seguinte mensagem na tela: “Seu computador está agora apedrejado”.
Diversos variantes do vírus foram criados, dando início à prática dos hackers de atualizarem o código de um vírus existente para criar mais infecções.
2 – Jerusalém
No final de 1987, o vírus Jerusalém começou a se espalhar. Esse vírus foi muito mais destrutivo do que o Stoned, pois infectava arquivos dos tipos .exe e .com.
Como o vírus era lançado sempre nas sextas-feira 13, a propagação era lenta comparada ao Stoned. Mesmo assim, o Jerusalém teria destruído dezenas de milhares de programas dos usuários infectados.
3 – Morris Worm
Em novembro de 1988 surgiu o primeiro “worm”, um programa que se espalha independentemente, sem a intervenção humana, infectando redes públicas. Na época, estima-se que o vírus infectou cerca de 10% dos computadores conectados à internet, que estava ainda em seus primórdios.
O criador, Robert Tappan Morris, filho de um famoso cientista da computação, tornou-se a primeira pessoa condenada sob Fraude Informática e Lei de Abuso.
4 – Concept
Os anos 90 viram o desenvolvimento de uma série de novos “bugs” (que causam erros e defeitos), incluindo os chamados vírus polimórficos, que poderiam mudar de forma a cada nova infecção, tornando difícil para o antivírus detectar a presença da ameaça.
Em 1995, o vírus Concept inovou ao ser o primeiro a infectar documentos do Microsoft Word. Usuários que compartilhavam documentos infectados via email ajudaram a tornar o vírus um dos mais rápidos a se disseminarem na época.
5 – Melissa
Melissa apareceu em meados de 1999 e foi o primeiro vírus projetado para se espalhar de computador para computador, sem depender da ação dos usuários. Para cada PC infectado por email, o vírus identificava outros 50 usuários da lista de contatos da vítima.
O aumento do tráfego de email forçou empresas como a Intel e a Microsoft a desligarem temporariamente seus servidores de email até que o vírus fosse eliminado.
- See more at: http://hypescience.com/os-10-piores-virus-de-computador-da-historia/#sthash.kNLhzx3r.dpuf

Mais de 15 benefícios sobre a cenouras

cenouraA cenoura trás benefícios para os olhos, a pele, cabelos, mucosas, ossos e sistema imunológico. Ainda previne úlceras, reumatismo e arteriosclerose.
É indispensável para crianças em fase de desenvolvimento, mas também os adultos não podem ficar sem este precioso alimento, pois carrega grande quantidade de vitamina A, além disso, a cenoura contém vitaminas B e C. A primeira beneficia o sistema nervoso, a segunda estimula as defesas orgânicas contra enfermidades.
Nela ainda contém sais minerais de grande importância para a saúde, tais como cálcio, magnésio, ferro, cobre e iodo.

O iodo é primordial à glândula tiróide que acelera a nutrição, comanda os processos de crescimento, vitaliza toda área cerebral e equilibra o melhor funcionamento de todas outras glândulas.
Melhor comer crua, sem nenhuma manipulação, sendo excelente para fortalecer os dentes das crianças e adolescente, já o adulto, deve tomar cuidado, se não fortaleceu seus dentes na época correta.
A segunda opção é ralar, mas sempre na hora que vai comer, nada de guardar para mais tarde, a não ser em dias especiais, que pode temperar, mas tenha o cuidado de deixar na geladeira, pois enquanto ela está fechada, a cenoura está no escuro e não entra em contato com a circulação do ar.
Fazer sucos na centrífuga, pois a vitamina A, em contato com a luz, perde sua potencialidade, por isso não é aconselhável fazer o suco no liquidificador.
A maneira que aproveita menos os nutrientes é cozinhando, pois a fervura, principalmente demorada e o vapor, desintegram os nutrientes, sendo que o grelhado é o menos agressivo.
Armazenamento
A cenoura deve ser guardada em um recipiente preferencialmente escuro e hermeticamente fechado, para não perder os nutrientes, mas se isto não for possível, faz-se adaptações.
Ingira sempre a cenoura fresca, o ideal seria a colhida na hora e aquela que não recebeu agrotóxico.
Suas folhas são nutritivas e muito úteis, tanto na culinária, como no suco.
Aqui e ali, como cenoura.

Mais de 15 coisas que todos deveriam saber



01 - O nome completo do Pato Donald é Donald Fauntleroy Duck.
02 - Em 1997, as linhas aéreas americanas economizaram US$ 40.000 eliminando uma azeitona de cada salada.
03 - Uma girafa pode limpar suas próprias orelhas com a língua.
04 - Milhões de árvores no mundo são plantadas acidentalmente por esquilos que enterram nozes e não lembram onde eles as esconderam.
05 - Comer uma maçã é mais eficiente que tomar café para se manter acordado.
06 - As formigas se espreguiçam pela manhã quando acordam.
07 - As escovas de dente azuis são mais usadas que as vermelhas.
08 - O porco é o único animal que se queima com o sol além do homem.
09 - Ninguém consegue lamber o próprio cotovelo, é impossível tocá-lo com a própria língua.
10 - Só um alimento não se deteriora: o mel.
11 - Os golfinhos dormem com um olho aberto.
12 - Um terço de todo o sorvete vendido no mundo é de baunilha.
13 - As unhas da mão crescem aproximadamente quatro vezes mais rápido que as unhas do pé.
14 - O olho do avestruz é maior do que seu cérebro.
15 - Os destros vivem, em média, nove anos mais que os canhotos.
16 - O "quack" de um pato não produz eco, e ninguém sabe por quê.
17 - O músculo mais potente do corpo humano é a língua.
18 - É impossível espirrar com os olhos abertos.
19 - "J" é a única letra que não aparece na tabela periódica.
20 - Uma gota de óleo torna 25 litros de água imprópria para o consumo.
21 - Os chimpanzés e os golfinhos são os únicos animais capazes de se reconhecer na frente de um espelho.
22 - Rir durante o dia faz com que você durma melhor à noite.
23 - 40% dos telespectadores do Jornal Nacional dão boa-noite ao William Bonner no final.
E a última...
24 - Aproximadamente 70% das pessoas que lêem este texto tentam lamber o cotovelo.

AS MAIS DE 15 PLANTAS QUE AJUDAM A DESPOLUIR O AMBIENTE

— by Sandra Regina

Além de deixar a casa muito mais acolhedora, algumas especies de plantas ajudam a despoluir o ambiente: absorvem ions positivos, prejudiciais aos seres humanos, e os devolvem como ions negativos, vitais para nossa saúde. Monte o seu jardim.
117769965470947504042 PLANTAS QUE AJUDAM A DESPOLUIR O AMBIENTE
ESPADA-DE-SÃO-JORGE- além do mau-olhado, a planta é comprovadamente eficaz na absorção de substâncias químicas como o tricloroetileno (13%) e benzeno 53%). Absorve o formadeido liberado por madeira compensada, carpete e tecidos sintéticos.
HERA -  Filtra o benzeno eliminado por fumaça de cigarro e tinta de parede.
CACTO – Age como barreira para os raios gama emitidos pelos aparelhos de TV e microondas.
CLOROFITO – age sobre o benzeno, tolueno e monóxido de carbono, xileno, formaldeído. Para qualquer ambiente onde tem queima de gás. Apresenta o melhor desempenho na neutralização do monóxido de carbono (96%) e do formaldeído (86%). Manter em ambiente fresco e com luz solar direta. Cresce em terra úmida.
LAVANDA – Seu aroma é um ótimo aliado para combater os sintoma de stress.
CRISÂNTEMO – a flor é um excelente neutralizador de compostos de formaldeído, benzeno e amônia. Pode ficar em qualquer ambiente.
À noite colocar do lado de fora. Gosta de temperaturas mais baixas. Flores com pólen.
JIBOIA - Excelente para monóxido de carbono e eficaz em absorver o formaldeído e tolueno. Sua capacidade de absorção de compostos de formaldeído chega a 450 microgramas por hora em um ambiente fechado. Para qualquer ambiente, fácil de cuidar e é tóxica.
JIBÓIA – conhecida como a hera de Diabo, é uma videira baixa que cresce com muita facilidade. Com folhas douradas e marmoreadas, esta nativa das Ilhas Salomão tem quatro variedades que devem ser tratadas do mesmo modo. Suporta calor, não gosta do sol direto. Manter a terra úmida e permitir que seque entre as regas.
FILODENDRO – também conhecida pelos nomes guaimbê, banana-do-mato, banana-de-morcego, banana-de-imbê e imbê, elimina o pentaclorofenol, uma substância tóxica encontrada nos produtos de tratamento de madeiras. Devido a sua capacidade de eliminar muito vapor d’água, a filodendro também apresenta alta capacidade de umidificar o ar da casa.
FÍCUS - ótima eliminadora de formaldeídos, liberta o ar de espaços fechados de toxinas naturais. Embora possa chegar aos 15 metros de largura e 30 de altura, é adequada para o interior de casa e dura muitos anos. Deve ser mantida úmida, mas não em demasia. Cresce melhor em terra normal e no sol.
FÊNIX – atua contra o xileno e o formaldeído. Fica bem no hall de entrada, varanda ou terraço com pé direito alto. Gosta de luz, suporta o calor e é fácil de cuidar.
LÍRIO DA PAZ  – flor branca, de forma oval, que rodeia um cacho branco. Um dos melhores eliminadores de benzeno do ar (80%) e neutraliza o formaldeído (50%) e o tricloroetileno (23%). Elimina o xileno e o amoníaco. Gostam de luz indireta e temperaturas moderadas a quentes. Terra úmida, permitindoque a água em excesso seja drenada.
RÁFIS – age sobre a amônia, xileno e formaldeído. Deve ser usada na cozinha e no banheiro, onde ficam guardados os materiais de limpeza. Exige pouca luz e se adapta em ambientes úmidos. Cresce muito e precisa de espaço.
SAMAMBAIA – capaz de absorver 1863 microgramas/hora de compostos de formaldeído em um ambiente fechado. Também neutralizam o xileno. É ideal na sala com móveis de aglomerado de madeira, no banheiro e em outros ambientes. Não suporta sol direto, suporta calor.
PALMEIRA BAMBU – Neutraliza as emanações do tricloroetileno de tinturas de roupas. Filtra o benzeno e formaldeído. Necessita de muita luz e de abrigo.
HERA TREPADEIRA OU HERA INGLESA – ótima arma contra os compostos de formaldeído e xileno, eficiente neutralizadora de compostos de benzeno (42%) e tolueno (92%). Para escritórios com materiais plásticos. Suscetível a pesticidas, sobrevive melhor ao ar livre, necessita de ar fresco e da luz solar. Manter em temperaturas frescas para moderadas em terra úmida, no vaso ou no jardim.
GÉRBERA – atua sobre o benzeno, formaldeído, tolueno e tricloroetileno. É muito útil em sua cozinha e limpa as roupas impregnadas de fumaça de cigarro. Flores com pólen. Gosta de luz e adora o peitoril das janelas.
FILODENDRO com folha em forma de coração – filtra as toxinas dos espaços fechados. Conhecida como hera de sala, o filodendro com folha em forma de coração tolera diversas condições. Gosta de luminosidade sem luz direta do Sol, suporta calor e gosta de pouca umidade.
FILODENDRO – também conhecida pelos nomes guaimbê, banana-do-mato, banana-de-morcego, banana-de-imbê e imbê, elimina o pentaclorofenol, uma substância tóxica encontrada nos produtos de tratamento de madeiras. Devido a sua capacidade de eliminar muito vapor d’água, a filodendro também apresenta alta capacidade de umidificar o ar da casa.


Pesquisa realizada pela NASA, sugere que incluir plantas no interior dos ambientes de trabalho e melhorar a ventilação reduz sensivelmente a presença de COV (Compostos Orgânicos Voláteis) e a redução das concentrações de poluentes contribui para um ambiente mais saudável.

Conheça as mais de 15 indicadas segundo a pesquisa, em ordem:

Areca Bambú – Dypsis lutescens

Rafis – Rhapis excelsa

Palmeira Bambú – Chamedorea seifrizii

Ficus – Ficus elastica decora

Dracena – Dracena compacta Janet Craig

Hera – Hedera helix

Fenix – Phoenix roebelinii

Ficus – Ficus alii

Samambaia – Nephrolepis exaltata

Lirio da paz – Spatiphyllum spp.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Meus top 15 Fatos malucos que são a mais pura verdade

1 – Homens podem amamentar homem_amamentando
Parece mentira, mas não é. Homens também podem produzir leite, assim como as mulheres. Claro que isso não é algo muito comum, porém em homens com câncer de próstata isso é normal devido a um medicamento que estimula o desenvolvimento das glândulas mamárias.



fatos_estranhos7
2 – “Tomaco” é possível Em um capítulo dos Simpsons, Bart inventou uma fruta maluca, que era meio tomate e meio tabaco. Inspirado nisso, um agricultor doidão, resolveu criar a fruta na vida real e ele conseguiu. Apesar das diferenças, as plantas vêm da mesma família, o que possibilitou o sucesso da experiência.


Catarro2
3 – Comer “tatu” faz bem
Apesar de ser nojento, isso pode lhe ajudar a ter uma vida mais saudável. Segundo pesquisas recentes, comer o muco nasal ajuda no desenvolvimento do sistema imunológico.




galinha2
4 – É muito fácil hipnotizar galinhas Isso é divertido, mas cuidado para ela não te bicar e não mal trate o animal.
Se você pegar a cabeça de uma galinha e baixá-la até o bico encostar no chão, e partindo dele você traçar uma linha com alguma coisa, a galinha ficara doidona. Totalmente hipnotizada, olhando para essa linha, podendo ficar parada até meia hora, sem reação algumas, apenas observando o traço feito.


5 – Ereção após a morte
Se você morrer de bruços já sabe…
ereção1
Nosso coração bombeia o sangue uniformemente por todo o corpo, mas quando nós “batemos as botas” é a gravidade que toma conta do processo. Logo, se você estiver de bruços, o sangue vai te deixar com o “rigor mortis” em uma local inusitado.

runningthing6 – Mão desgovernada
Você sabia que sua mão pode ficar “malucona” e agir sem seu consentimento?
Esse fenômeno se chama Síndrome de Mão Alienígena, mas fique calmo, pois isso não é algo muito comum. Isso ocorre normalmente em pessoas que tiveram o cérebro partido (cirurgicamente) devido a problemas com epilepsia, ou em pessoas com que tiveram infecções no cérebro.


]sqdas
7 – Rir pode matar Seria engraçado se não fosse trágico. Esse tipo de morte já é conhecido de todos e inclusive tem um nome especial: hilaridade fatal.
Em 1975 um pedreiro “cinquentão”, morreu em casa rindo de um desenho animado. Ele ficou gargalhando por 25 minutos, até que teve um infarto e veio a falecer de tanto rir. Essa não foi a primeira la-bomba-gayvez que isso tipo de morte foi relatado.

8 – Bomba gay
O exercito americano teve uma das idéias mais doidas de todos os tempos. Eles tentaram desenvolver uma bomba, que em vez de matar os inimigos, fizesse eles virarem gays, dessa forma eles perderiam o focos na batalha e os americanos venceriam fácil, fácil.

3tetas
9 – Três mamilos
Você sabia que em média 2% das mulheres têm uma terceira “tetinha”. Normalmente ela é tratada como uma verruga ou um pequeno tumor. Em raríssimas vezes esse fenômeno acontece em homens.


zumbi110 – Cuidado com o banheiro
É muito comum as pessoas morrerem no banheiro. Algumas morrem enquanto estão fazendo o “número 2”, pois o vaso quebra, cortando suas pernas e elas sangram até a morte. Outras morrem eletrocutadas por causa do chuveiro, outras por que o gás que aquece a água vaza e causa asfixia.
É melhor parar por aqui antes que você desista de ir ao banheiro e comece a usar o “matinho” como o melhor recurso…



Os sonhos nos intrigam desde tempos imemoriais. Acredita-se que havia até mesmo intérpretes de sonhos nas cortes reais das primeiras civilizações.
Mais tarde, o austríaco Sigmund Freud e seu sucessor Carl Jung revolucionaram nosso entendimento sobre o mundo dos sonhos. Desde então, muito tem sido estudado sobre esse campo. Confira alguns fatos curiosos sobre os sonhos:

11 – INCORPORAÇÃO
Quem nunca sonhou que estava urinando e no meio do sonho acordou apertadíssimo para ir ao banheiro?
Muitas vezes incorporamos coisas que estão ocorrendo ao nosso redor enquanto dormimos em nossos sonhos: alguém falando próximo de você pode tornar-se alguém falando no seu sonho.
Não é raro pessoas sonharem que estão com fome ou com sede, ou que estão fazendo alguma ação diferente, até que elas acordam e fazem a atividade com a qual sonhavam.
12 – ELES FALAM EM LINGUAGEM INDIRETA



Muito já foi dito e pesquisado sobre símbolos, sonhos e suas interpretações. Segundo especialistas, os sonhos carregam significados profundos e pessoais, mas apenas o subconsciente pode entender.
13 – SONHAMOS COM O QUE É PROIBIDO

Outro fato impressionante é o de tendermos a sonhar com coisas proibidas. Por exemplo, se alguém não pode comer chocolate, é bem provável que essa pessoa sonhe que está devorando uma caixa de bombons. É comum que, durante o processo de parar de fumar, pessoas sonhem que estão fumando.
14 – DISTÚRBIOS DO SONO PODEM LEVAR À PSICOSE
Dormir e sonhar, que ocorre no estágio de sono REM (sigla em inglês para Movimento Rápido dos Olhos), são extremamente importantes para uma vida saudável.

Em recente pesquisa, estudantes eram acordados durante o ciclo REM. Notou-se, então, que eles se tornavam mais irritadiços, tinham algumas alucinações, psicose e perdiam o interesse em tudo que faziam.
Por isso, uma boa noite de sono, combinada com sonhos regulares, também é chave para ficarmos em forma.
15 – OS ANIMAIS TAMBÉM SONHAM

Estudos revelaram que os animais, e, mais especificamente, os mamíferos, sonham como os humanos. Até mesmo o seu cachorrinho ou o seu gato podem estar sonhando noite após noite sem você saber

Mais de 15 assuntos importantíssimos sobre a menstruação.

A ginecologista, que também é terapeuta sexual, faz questão de lembrar que a mulher tem um cheiro normal, característico, e que durante a excitação sexual libera ferormônios agradáveis ao parceiro. Fonte: bbel.uol.com.br


1. O que é menstruação?
Quando a mulher não engravida, o organismo expele o óvulo que estava no útero e não foi fecundado. Com ele, vai o endométrio, a camada que reveste o útero.


2. Quanto sangue uma garota perde durante a menstruação?
Os médicos calculam uma média de 80 ml, menos da metade de um copo de requeijão.


3. O sangue da menstruação é sempre vermelho?
Nos dias em que o fluxo é menor, o sangue fica marrom como borra de café; quando aumenta, pode adquirir um tom vermelho-vivo. E, nos dias em que o fluxo é muito intenso e sai em forma de pequenos coágulos, fica cor de vinho.


4. Menstruação tem cheiro?
O sangue não tem cheiro. Mas quando passa pelo canal da vagina entra em contato com bactérias e ganha um odor característico. Se ele é muito ruim, pode indicar alguma infecção.


5. Por onde sai o sangue de quem é virgem?
O hímen tem um orifício capaz de dar vazão ao sangue.


6. Posso fazer ginástica?
Pode. "O exercício libera endorfina, que funciona como um analgésico natural", diz Márcia Gaspar Nunes, do departamento de ginecologia da Universidade Federal de São Paulo.


7. Posso transar menstruada?
Pode. Como a vagina fica lubrificada demais, a sensação de contato entre o pênis e a vagina diminui. Menstruada ou não, tem que usar camisinha.


8. Há o risco de engravidar?
"Casos assim só aparecem em livros", diz Mara Diêgoli, da clínica ginecológica do Hospital das Clínicas de São Paulo. Isso significa que existe a possibilidade, mas ela é raríssima.


9. É verdade que, na piscina, o sangue não desce?
O que acontece é que a água, se estiver gelada, contrai os vasos, o que dificulta a vazão do sangue. Quando você sair da água, tudo volta ao normal.


10. Quem toma pílula também menstrua?
A única diferença é que quem toma pílula não expele o óvulo durante a menstruação. A quantidade de sangue e as cólicas também diminuem.


11. Tomar pílula sem intervalo interrompe a menstruação?
Sim. Se a idéia é atrasar a menstruação por causa da viagem de formatura, não há problema, mas não é para fazer isso a toda hora. "O corpo da adolescente está aprendendo a menstruar. Não é bom interromper", avisa Iara Linhares, ginecologista da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.


Conte os dias no calendário

12. Qual a idade certa para ficar menstruada?
Entre 9 e 14 anos. Se, aos 14, a menina ainda não tem seios desenvolvidos ou pêlos no púbis e nas axilas, é bom investigar.


13. Quanto tempo dura o ciclo menstrual?
De 25 a 35 dias. Mas a maioria das mulheres tem ciclos de 28 dias. Conte a partir do primeiro dia da menstruação até o último dia antes de descer de novo.


14. Quando o ciclo fica regular?
De seis meses a dois anos depois da primeira menstruação.


15. É normal a menstruação atrasar muito?
Só nos dois primeiros anos após a primeira menstruação. Nessa fase, é possível ficar até 12 meses sem menstruar. Mas atraso menstrual também pode ser indício de gravidez ou de algum problema com os seus hormônios.


16. Quantos dias dura a menstruação?
De 3 a 5 dias. Pode durar um pouco mais, desde que o fluxo diminua.

75% das adolescentes sofrem de cólica. 15% delas não consegue nem ir à escola por causa da dor.

17. Quantos absorventes devo usar por dia?
Depende da garota. Tem gente que gosta de trocar a toda hora. Em média, o ideal é trocá-lo de três a quatro vezes por dia, mesmo nos dias de fluxo intenso. Se eles ficam encharcados e é preciso trocá-los mais de seis vezes no mesmo dia, é sinal de que há algo errado.
Absorvente dá alergia?
Algumas garotas sentem coceira quando usam determinado absorvente. A solução é trocar a marca até encontrar uma que não cause irritação. Se não der certo, coloque algodão entre a pele e o absorvente.


19. Menina virgem pode usar absorvente interno?
Pode. O hímen tem um orifício por onde passa o absorvente. "Mas tem que colocar com cuidado: a menina pode provocar pequenas rachaduras na pele do hímen e não perceber, porque já está sangrando", avisa a ginecologista Mara Diêgoli. Nesses casos, Mara recomenda os absorventes internos do tipo míni ou teen. E, se a menina não consegue colocá-lo de jeito nenhum, não deve insistir: deve procurar orientação médica.


20. Posso dormir com o absorvente interno?
De jeito nenhum. Absorvente interno deve ser trocado a cada três ou quatro horas, no máximo. O sangue é um meio perfeito para a reprodução de bactérias. O risco de infecções é alto.


21. E se eu transar de absorvente interno?
Na hora da transa, o canal da vagina aumenta de tamanho (de 7 cm para 10 cm). Se o garoto não perceber o absorvente (o o.b. ocupa cerca de 5 cm da vagina), vai empurrá-lo para dentro e pode até machucar. Por isso, mesmo que o amasso esteja quente, peça licença, vá ao banheiro e tire o absorvente.


22. E se o fiozinho ficar preso lá dentro?
Lave as mãos, lubrifique o polegar e o indicador com vaselina e introduza-os na vagina. Se não conseguir retirá-lo, tem que ir ao médico, o
que acontece se alguém esquecê-lo na vagina?
As bactérias da flora vaginal vão se reproduzir loucamente. O primeiro sinal é um cheiro ruim. Em seguida, dores e febre. Se mesmo assim a menina não se ligar, a infecção pode se espalhar pelo corpo todo e até causar a morte.


Se gostou faça seu comentário

Querem saber mais de 15 coisas, que os homens tem de bom?

Leitor: As mulheres sempre põem defeitos nos homens, mas quero saber das mulheres uma coisa: 


O QUE OS HOMENS TÊM DE BOM?

Obs.: não gostaria de respostas "anatômicas" do tipo: músculo, pênis, barriga, pêlos etc.



      Talvez o que os homens tenham de bom seja justamente essas diferenças que nós mulheres tanto criticamos, como não prestar atenção a detalhes, serem mais objetivos, mais racionais, não gostarem de parar para pedir informação quando estão perdidos, não gostarem de ouvir queixas da parceira sobre a relação e etc., porque são exatamente essas distinções de gêneros que irão permitir que ambos os sexos se complementem em uma relação amorosa, garantindo o seu equilíbrio. Imagine se os dois fossem psicologicamente iguais... provavelmente não encontrariam motivos para estarem juntos. São nesses momentos que vale aquela máxima árabe, a qual diz que “dois comandantes afundam um navio”. Percebe-se daí que essas diferenças são de certa forma até necessárias e no dia-a-dia geram até um conflitozinho gostoso.

Observe que no que tange às diferenças psicológicas entre sexos, quase sempre falta em um aquilo que sobra no outro. Como exemplo prático disso, basta notar que na maioria das vezes a mulher é mais emotiva, ao passo que o homem é quase sempre mais racional. Repare ainda que o homem não se apega a detalhes e talvez por isso consiga ser mais objetivo, pois obviamente prestar muita atenção a pormenores interfere na objetividade.

Quem é que tem mais dificuldade para se localizar? Geralmente é a mulher e isso é um defeito de fábrica que a maioria de nós possui, posto que, segundo os cientistas, são os homens que utilizam mais o hemisfério esquerdo do cérebro, o qual está relacionado com a percepção temporal e espacial.

Você diz que as mulheres sempre estão colocando defeitos nos homens. Provavelmente a queixa mais recorrente que tenha ouvido entre elas é que os homens se mostram pouco disponíveis para ouvi-las. Bem, até isso já tem uma explicação científica: diz a ciência que a testosterona diminui a audição. Talvez isso possa explicar por que vocês fogem tanto da famigerada DR rsrsrsrs...

Por isso, uma boa forma de um homem conquistar uma mulher é demonstrando interesse pelo que ela fala, pois é falando que a mulher exterioriza seus sentimentos. Então, quando um homem dá atenção ao que uma mulher diz, está demostrando que se importa com os sentimentos dela também. Claro que, quando eu falo ouvir, não estou me referindo a escutar as lamentações dela em relação àquele cafajeste com quem ela fica, porque se você se predispuser a ficar ouvindo esse tipo de lamúria, corre sério risco de ficar na friend zone, sendo apenas o amigo bonzinho para momentos de tensão emocional.

Você diz que não gostaria de receber uma resposta fundada em argumentos anatômicos. Porém você há de convir que esse aspecto exerce fundamental importância no que diz respeito à atração que um gênero sente pelo outro. Afinal de contas, as características peculiares a um sexo são diretamente opostas àquelas que são próprias do outro. Quer um exemplo? A mulher tem a pele mais macia, ao passo que o homem tem a pele mais áspera. A mulher tem a voz mais aguda. O homem tem a voz mais grave. A mulher tem o órgão sexual côncavo. O homem tem o genital convexo, o que possibilita, durante uma relação sexual, uma união perfeita ao ponto de permitir ao homem adentrar o corpo da parceira. A mulher é fisicamente mais frágil. O homem é mais forte, justamente por desenvolver mais músculos que a mulher. Então mais uma vez se consegue demonstrar aqui que o que “une” ambos os gêneros são exatamente as diferenças próprias de cada sexo, que faz com que um necessite do outro para que complete nesse outro aquilo que falta em si mesmo.

Após ler isso, você talvez esteja pensando: ora, mas pessoas do mesmo sexo também podem se sentir atraídas umas pelas outras. Sim, podem! Mas observe que mesmo em relações homoafetivas, você vê personificado em um dos parceiros a figura do sexo oposto através de trejeitos e comportamentos. Dessa forma, em relações com esse formato, quase sempre haverá um parceiro mais afeminado que o outro no caso de envolvimento homossexual entre homens ou mais masculinizada que a outra em situações de relação homossexual entre mulheres. Desse modo, mesmo em uma relação entre pessoas do mesmo sexo, haverá implicitamente a figura do homem e da mulher. Pelo menos eu desconheço relações homoafetivas sem essa característica.

Por fim, te recomendo a leitura de um texto publicado aqui no blog intitulado “Que Charme Um Homem Deve Ter?". Talvez ele o ajude a compreender melhor o que a mulherada tanto espera dos homens.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Fantástico - Mais 15 Curiosidades da China



  • O morcego é um símbolo de felicidade, já que seu nome, FU, é homófono do termo FU que significa riqueza.

  • Cinco morcegos juntos são o máximo, representando: longevidade, saúde, fortuna, amor à virtude e morte natural.

  • De tempos em tempos, as autoridades chinesas anunciam uma nova campanha contra o crime, com execuções sumárias. Desde o início de abril de 2001, num período de dez dias, mais de 120 acusados de assassinato, estupro, roubo, corrupção, narcotráfico, formação de quadrilha e até crimes menores, como falsificação de documentos e emissão de cheques sem fundos, foram condenados à morte e a maioria executada no dia seguinte.

  • Em maio de 2001, 30.000 pessoas lotaram um estádio da importante província sulina Guangdong para acompanhar a execução de 28 condenados. Cada um recebeu um tiro na nuca e, como é praxe, a bala usada foi cobrada dos familiares do morto. Esse tipo de operação é uma tradição chinesa.

  • A primeira grande campanha para eliminar fisicamente os criminosos foi desencadeada em 1983 e resultou na morte de 10.000 pessoas.

  • Em junho de 1996, os tribunais fizeram um mutirão para comemorar o dia internacional de luta contra drogas, condenando à morte 800 traficantes.

  • O alvo preferencial da campanha de 2001 é o crime organizado, negócio lucrativo de extorsão, roubo de cargas e contrabando que acompanha o crescimento acelerado da economia e ganha espaço nos centros urbanos.
    De acordo com dados oficiais, a criminalidade aumentou 50% nos últimos meses.

  • A China sozinha, executa mais condenados que a soma dos 63 países que adotam a pena de morte.

  • Entre 1990 e 1999 foram cumpridas 18.194 sentenças, o que dá uma média de cinco por dia.

  • Um quarto dos crimes previstos no Código Penal é punido com a morte, incluindo delitos menores como envenenar gado ou difundir pornografia.

  • A profusão de execuções decorre, em parte, das peculiaridades da justiça chinesa. Nos julgamentos, os princípios fundamentais do direito moderno são solenemente ignorados e não há tempo para formalidades jurídicas como argumentação de defesa ou coleta de provas.

  • O advogado do réu é apontado dias antes do julgamento e seu trabalho, após o veredicto, limita-se a um pedido formal de clemência, raramente aceito.

  • Como qualquer pessoa pode ficar presa até 3 meses sem acusação formal, o Judiciário Chinês pode prender parentes de um foragido, para que este seja forçado a se entregar.